Outubro Rosa ganha ações de conscientização na Santa Casa de Fernandópolis

A luta contra o câncer de mama e a conscientização pelos exames preventivos ganharam força neste mês na Santa Casa de Fernandópolis, que está promovendo ações internas da campanha Outubro Rosa.

Esse movimento internacional teve início nos Estados Unidos, onde várias ações referentes ao câncer de mama e ou mamografia eram realizas no mês de outubro. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama e estimula a participação da população, empresas e entidades.

Além dos laços, que serão usadas pelos colaboradores durante todo o mês, a fachada do Hospital ganhou iluminação na cor tema da campanha, assim como próprio site da Santa Casa. Na rede interna, todos os computadores ganharam papéis de parede alusivos à mobilização.

Ao longo do mês, as colaboradoras poderão participar de palestras e eventos sobre a saúde da mulher, ou participar de ações como o projeto “Eu me cuido”, que envolve todos os funcionários da Santa Casa na perda de peso e início de uma alimentação mais saudável.

O CÂNCER DE MAMA
Segundo o Instituto Nacional do Câncer (INCA), o câncer de mama é o mais comum entre as mulheres, respondendo por 22% dos casos novos a cada ano. Se diagnosticado e tratado oportunamente, o prognóstico é relativamente bom. No Brasil, as taxas de mortalidade por câncer de mama continuam elevadas, muito provavelmente porque a doença ainda é diagnosticada em estádios avançados. Na população mundial, a sobrevida média após cinco anos é de 61%.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), nas décadas de 60 e 70 registrou-se um aumento de 10 vezes nas taxas de incidência ajustadas por idade nos Registros de Câncer de Base Populacional de diversos continentes.

 

Author Info

AsCom - Assessoria de Comunicação