Bebês saem da Santa Casa imunizados contra tuberculose e hepatite B

Os cuidados com a saúde dos bebês recém-nascidos começam bem antes do nascimento, mas, depois que nascem, uma nova etapa deve contar com a atenção dos pais por longos anos: a vacinação. Pensando nesse cuidado e em facilitar a vida dos pais, a Santa Casa de Fernandópolis passou a oferecer a aplicação da vacina BCG (Bacilo de Calmette e Guérin), que protege contra as formas graves da tuberculose, e a vacina contra Hepatite B.

“A Santa Casa tem investido na qualidade do atendimento na maternidade. Hoje o bebê que nasce em nossa maternidade já sai vacinado e com os principais exames já realizados, como o teste da orelhinha, do olhinho e do coração. Além disso, com o apoio de emendas parlamentares, pudemos adquirir equipamentos de ponta que auxiliam nas primeiras horas de vida do bebê”, ressalta o provedor Fernando Cordeiro Zanqui.

A aplicação da vacina abrange todos os recém-nascidos da maternidade do Hospital e é gratuita. Dessa forma, o bebê sai da Santa Casa já imunizado e seus pais não precisam retornar a uma unidade de saúde antes de ir para casa.

“Esse cuidado com a vacinação facilita muito os pais, que às vezes não tem muitas condições de ir até à unidade de saúde e evita o esforço da mãe, que pode ficar despreocupada. Me sinto segura em saber que a minha filha já está vacinada. Agora é voltar pra casa e cuidar dela, curtir mais esse momento junto com a família”, conta sorridente Natália Barboza da Silva, mamãe da pequena Yasmin Vitória.

Conforme explica a enfermeira obstétrica Márcia Cristina Samartino Ozório, os cuidados nos primeiros momentos de vida são essenciais para a saúde do bebê. “Adotamos todo esse cuidado para oferecer mais praticidade e tirar essa preocupação dos pais, que podem aproveitar melhor esse momento. Além disso, é iniciado todo o processo de imunização, que é composto de diversas fazes e vai prevenir a criança de diversas doenças ao longo dos anos, garantindo o desenvolvimento saudável”.

BCG

A vacina BCG (Bacilo de Calmette e Guérin) foi criada em 1921 por Léon Calmette e Alphonse Guérin. Protege contra as formas graves da tuberculose, doença contagiosa, provocada por bactéria que atinge principalmente os pulmões e que, se não tratada, pode provocar sérios problemas respiratórios, emagrecimento, fraqueza e até levar à morte. A tuberculose é transmitida de pessoa a pessoa pelo ar, por meio de tosse, espirro ou fala. Os principais sintomas são febre ao final do dia, tosse, fraqueza, cansaço e perda de peso. Até os dias atuais a vacina é o único tipo de imunização contra a doença e deve ser tomada em dose única, preferencialmente nas primeiras 12 horas após o nascimento, no entanto, crianças de até quatro anos ainda podem ser vacinadas.

HEPATITE B

A prevenção da Hepatite B por meio da vacina é a melhor forma de combater a doença. Essa vacina é constituída pelos antígenos HBs, sem nenhuma partícula viral. A imunização só é efetiva quando se tomam as três doses, com intervalo de um mês entre a primeira e a segunda dose e de seis meses entre a primeira e a terceira dose, chegando a 95% de eficiência.

Author Info

AsCom - Assessoria de Comunicação

Dener Bolonha - Jornalista MTE 67.400/SP