Música leva harmonia à UTI da Santa Casa Fernandópolis

O habitual silêncio da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) da Santa Casa Fernandópolis, interrompido apenas pelos bipes dos equipamentos médicos, está dando lugar a novos tons. Agora, por ao menos uma hora por dia, o ambiente está sendo preenchido por compassos ritmados e melodias cadenciadas, que darão um novo ânimo aos colaboradores e pacientes.

Essa ação harmônica faz parte de um projeto inovador de musicoterapia, que busca transformar a UTI em um lugar mais alegre e agradável por meio dos calorosos acordes musicais, motivando os pacientes que estão internados e distantes da rotina familiar.

“Esse projeto vai somar às ações de humanização da Santa Casa, para proporcionar ao nosso paciente da UTI um momento diário de relaxamento e aconchego. A música auxilia no alívio de várias dores, por exercer influência no sistema límbico, que é a região do cérebro responsável pela emoção, motivação e afetividade”, explica a coordenadora do projeto, a terapeuta ocupacional Juliana Cristina Carvalho da Silva.

VOLUNTARIADO

O projeto será realizado de segunda-feira a sábado, sendo que às sextas-feiras os pacientes vão receber voluntários, que se apresentarão ao vivo, tocando e cantando músicas de preferência do paciente, leito por leito.

Para participar do projeto, como voluntário, basta contatar o serviço de Terapia Ocupacional da Santa Casa Fernandópolis, por meio do telefone (17) 3465-6122, ou por meio da página “Contato” no site do Hospital (http://www.santacasafernandopolis.com.br/contato).

Author Info

AsCom - Assessoria de Comunicação

Dener Bolonha - Jornalista MTE 67.400/SP